ledger.jpg coringa1.jpg Gerlandy Leão

Noite passada vi a notícia que Heath Ledger faleceu e eu tinha que colocar algo a respeito. Realmente foi um susto, e confesso q me emocionei mesmo.  Foi uma notícia inacreditável. Dizem que todo mundo que morre vira bonzinho, mas parece ao contrário, parece que quem é bom morre logo. Não é por ter morrido agora que vou fazer uma de fãzinha, mas realmente acompanhei alguns filmes deste ator e admirava o seu trabalho pela sua simplicidade e como dava sabor aos personagens.

Quanto ao Batman, realmente ele terminou todas as gravações, mas é uma pena que ele não tenha visto a crítica deste trabalho. Aliás, tá correndo a história de que foi o personagem que causou a morte do ator, ao envolvê-lo tanto numa buscar de um resultado bom. Mas creio que sejam só boatos, o povo as vezes exagera, mas ainda é uma incognita. Apesar do filme não está pronto, os trailers que saíram já renderam bons resultados, com certeza conseguiu dá um ar mais assassino e tenebroso ao coringa, claro que não se isenta o diretor, aliás o Nolan é o cara, pois foi ele que encontrou o verdadeiro Batman em Cristian Bale, mas o Ledger conseguiu uma bela tonalidade de voz, uma feição tenebrosa e um sorriso bem escroto, bem, mas não assisti ao filme ainda, são só pedaços soltos, já falei, tenho que esperar ainda alguns meses.

Enquanto isso vale a pena dá conferida em alguns filmes estrelados por esse grande ator que apesar de uma carreira tímida fez belos filmes. Sei que ele tem outros, mas só vou indicar os que assisti né minha gente. Aí vai:

  • 10 Coisas que odeio em você– é uma comédia romântica bobinha. Há quem diga que é o passado negro de Ledger, mas creio que mostra a versatilidade do cara. Ele faz o papel de um cara contratado para conquistar a irmã de uma menina. O cara é maior grosso e sem coração. Apesar da compreensão do filme está nos momentos finais, para mim é imperdível ouvi-lo cantar “I love you baby…”;
  • Coração de cavaleiro– foi o primeiro filme dele que assisti. Uma mistura de comédia com aventura, mostra alguém lutando para ser cavaleiro na idade média sem possuir sangue nobre. O que ele vai fazer? Vou falar não, assista;
  • O patriota – é aquele título idiota que eu não teria assistido por achar que era mais uma história sem graça. Tava sem fazer nada num certo lugar e acabei vendo e adorei mesmo. Ele é filho de um personagem vivido por Mel Gibson (o filme é do próprio Gibson que gosta mais de violência do que o próprio Tarantino). Sua insistência em ir para a guerra e ser patriota, acaba obrigando o pai a se envolver contra a própria vontade na mesma. Preparem os lencinhos, o filme é lindo e emocionante;
  • Os irmãos Grimm– acho que assisti esse filme de fantasia umas trocentas vezes e assisto mais ainda. O filme é todo bom, desde o roteiro até as ótimas atuações de Damon e Ledger respectivamente como Will e Jacob Grimm. A priori trata-se de trapaceiros que vão às cidades venderem produtos contra seres encantados, mas no decorrer do percurso vão encontrar uma cidade que possui uma floresta encantada. Neste lado vc escontrará digamos personagens de contos de fadas de forma sombria, vale a pena ver. É sempre bom ver releituras de clássicos, misturados com histórias e atuados por pessoas talentosas;
  • O segredo de Brokeback Moutain- Ficou vulgarmente conhecido no Brasil como o filme dos caubóis viados. Com certeza você já viu. E vc ainda quer que eu diga mais alguma coisa? o trabalho de Heath Ledger e Jake Gyllenhaal foi bem interpretado, dirigido e premiado. Apesar de concorrer Ledger não levou estatueta. Os dois são lindos e estrelaram uns dos beijos mais belos do cinema.

Ta boa a relação, depois não reclama que eu não sou boazinha. Vou procurar outros, já que não serão feitos. É uma pena, mas todo mundo morre, menos o Sarney.

Anúncios