Gerlandy Leão

200499624-001.jpg

Entrou no quarto com a satisfação de ter encontrado a fita métrica chamando a atenção da garota sentada à frente do computador.

 

– Cassiana, achei, achei. Cadê aquela tua blusinha lilás. Tou precisando dela para tirar o modelo. Vou fazer umas 10 medidas a menos para a boneca.

 

– Sei lá Socorrinha, tou ocupada, talvez esteja no cesto de roupa suja.

 

Encontrei. Gritou Socorrinha. Realmente tava lá.

 

Dito isto sentou-se ao chão com os materiais de costura e uma agulha entre os dentes enquanto procurava algo.

 

– Ei Cassi, você não viu meu tubo de linha vermelha?

 

– Oh, Socorrinha vê se me deixa em paz. Eu tou muito concentrada na minha missão e você fica me enchendo o saco, vai fazer esse serviço em outro lugar, vá, vá, vá.

 

-Ai, quanto estresse, que serviço tão importante é este para me tratar assim? Quem são esses homens?

 

-Estou procurando um pai.

 

-Hã? E o teu pai, não gosta mais dele. Vocês brigaram foi?

 

– Não Senhora Tontinha. Procuro um pai para meu filho. Estou chegando na idade de ter um filho, logo logo terei 30 anos. Depois disso a gravidez é bem complicada.

 

-Ai ai, vocês da cidade e esse tal de namoro pela internet.

 

– Não é namoro. É uma pesquisa muito séria. Tou procurando uma pessoa que será responsável por boa parte das características genéticas da minha criança. Não posso escolher qualquer pessoa. Isso tudo deve ser pensado com muito cuidado.

 

Tou entendendo é nada. Há alguns dias te vejo fazendo anotações, e contas com calculadora, utilizando calendário, não perguntei porque pensei que estivesse estudando ou conversando com alguém interessante

 

– É mais ou menos isso.Tou estudando algumas pessoas. Começo primeiramente pelo Currículo Lattes da vítima, para saber informações acadêmicas como o que estuda, onde esteve, quantos idiomas fala, essas coisas assim. Depois procuro informações dos mesmos em sites de relacionamento, lá consigo saber um pouco mais, principalmente características físicas, lugares que freqüenta, atividades que pratica e vários blá blá blás. Depois coloco tudo numa planinha.

 

– Que servicinho escroto. Tanto serviço para ficar guardado numa planinha?

 

– Não Socorrinha, o servicinho que você chamou de escroto só faz começar quando vai para a planilha. Depois eu faço a separação das características genéticas e tento casar com minhas características para ver as probabilidades de como meu bebê será. É aquela famosa regrinha que estudamos em biologia dos genes Dominantes e recessivos.

 

Ai Cassi, eu era péssima em Genética e lembre-se que eu terminei no supletivo.

 

– Não tem problema. O certo é que estou procurando certas características que admiro e que gostaria que meu filho tivesse.

 

– Mas menina, se tu quiser, tu toma leite de magnésia para o menino ser branquinho ou açaí para sair moreninho.

 

-Ai meu Deus, não, não acredito no que tou ouvindo. Larga de ser matuta. Tu veio mesmo do mato, mas pensei que já tivesse se civilizado. Você está falando uma aberração dessa para uma quase médica, tudo bem que eu nem passei para a faculdade, mas estes anos estudando, me deram muito mais conteúdo do que qualquer bichinho que ta lá só porque o pai colocou.

 

Se tu queria ser tanto médica por que foi ser professora?

 

– Ah, Socorrinha, a concorrência. Eu tinha que ser perfeita em todas disciplinas, mas pecava em Geografia. Aí fui fazer outra coisa faculdade, mas veja que eu nunca desisti.

 

– Pecava em Geografia? Ainda peca. Eu não sou do mato, vim do interior do estado e tenho orgulho de lá. Teus pais também são de lá viu? É bom você respeitar.

 

– Tá bom, desculpa. Mas é que eu estou fazendo um trabalho sério e você me desconcentrou. Vejo muitas pessoas interessantes. Hum tem cada olho lindo, muita saúde, porte de atleta. Hum este aqui é premiado, livros publicados em francês. Poxa, gostei.

 

 

isso é estranho o que está fazendo…

 

 

– Ai que dúvida. Tenho um doutor nas Ciências Sociais, com dentes belíssimos, mas tem este advogado aqui com um cabelo lindíssimo. Vamos ver aqui Cabelo Lindo C (cezão) e o meu cabelo feio c (cezinho)… hum, o dele é dominante. Meu filho seria grato demais por lhe dá um cabelo charmoso. Ah, tem outro aqui, é executivo, inteligente viu, empreendedor, autor preferido: Gabriel Garcia e MÁRQUEZ. Gostei do cara e que bundinha, que belas pernas, gosta de capoeira. Muito bom, deixa eu casar nossos genes.

 

­– Tu ta viajando Cassi.

 

Mas que negão esse outro aqui, minha nossa que homem lindo. Hum publicitário, premiado, gostei. Mas tem este outro aqui, que olhar meu Deus, que sorriso. Perfeito! Perfeito.

 

– Cassiana!!!!!

O que é tia?

 

Não me chama de tia. Tudo bem que eu sou, mas pôxa sou mais nova do que tu, fica feio.Não é por que estou só de passeio aqui na tua casa que eu não entenda das coisas. Você ta se preocupando só com as características dos cabras lá. E o teu sentimento?

 

-Que sentimento mulher? Não procuro homem para casar. Procuro um espermatozóide bonito, saudável, inteligente e competitivo só isso.

 

– E o caráter do cara onde entra?

 

– Não entra. Essa outra parte é por minha conta. Umas coisas são da genética, outras são do meio. E nessa parte ele vai ter mamãe para ajudá-lo.

 

Isso tudo pode dá errado. Você escolher tanto para nada.

 

– Nada? Olha para os meus pais. Nem um pingo ambiciosos, nem concluíram os estudos e geraram essa joínha aqui. Imaginem se tivessem oferecido mais. Eu só precisava de um Dominante que me colocasse naquela droga de faculdade, mas creio que não tem nem recessivo. É tudo culpa deles que eu não sou médica. E culpa do vovô e da vovó que você é agora uma artesã. Que tenha que fazer bonecas para sobreviver, você poderia ter sido, deixa eu ver, uma jornalista.

 

Eu adoro minhas bonecas. E se fossem outros pais não seria você e nem eu.

 

­– mas se fossem outros pais, o filho dos outros seria médico ou jornalista.

 

– Acho que tu ta ficando retardada.

 

Ai viajei mesmo, acho que foi o excesso de café. É que estou preocupada com isso já.

 

-Tu fala assim como seria tão fácil, escolher o cara e pronto. Como você vai convencê-los a ser pai do teu filho.

 

-Método tradicional, ora. Minha querida sou muito mais do que um belo rostinho, sou um belo par de seios também. Vou fazer as continhas e no dia certo eu ataco. Igual aquele filme que a gente assistiu, A excêntrica família de Antônia que a lésbica só pimba com o cara uma vez, só para engravidar.

 

Eu lembro, tu ta te inspirando nela é? E tu é lésbica?

 

Eu não. Apenas no momento não procuro um homem para mim. Se estou sozinha hoje, não quero continuar por muito tempo. Quero um filhinho para eu me sentir melhor e poder oportunizar o milagre da vida, além de gerar, educar.

 

-Menina então escolhe esse aqui. É bom que tu ganha logo uma boa pensão.

 

Ou sua maluquinha. Não quero dá o golpe da barriga, já disse quero só o progenitor. O escolhido nem vai saber. Vou suprir a necessidade, carência da minha cria. O pai é só mesmo porque não posso fazer só, a importância do pai é essa: Transferência de informações genéticas

 

Sei não, ainda acho que você poderia conseguir um bom homem para…

 

– O sêmen Socorrinha, só o sêmem me interessa.

 

 

Inspiração: Há algum tempo convidei uma pessoa para ser pai do meu filho. Acho que ele deve ter se assustado, talvez por medo de ficar preso a mim, mas não o convidei para ser meu marido. Com a proximidade do Dia dos pais eu aproveitei a idéia.

Homenagem: Apesar de ter sido um pouco grosseira, admito que a missão do pai vai além disso desde que ele se comporte como tal. Um abraço a todos os pais e áqueles que serão. Em especial ao Sr. Lourival meu papi amado, que é brabo como o que, mas é um PAI, e ao meu irmão Hielder que em breve colocará mais um Leão da Silva no mundo.

 

Nomes: Como já falei quando tiver de denominar alguém citarei nomes de parentes. Cassiana e Socorro são o nome da minha bisavó e avó paterna respectivamente.

 

Imagem:http://creative.gettyimages.com/source/classes/FrameSet.aspx?&UQR=wtuaw

Comentarios:https://gerlandy.wordpress.com/2007/08/11/procurando-um-pai/

Anúncios

Uma resposta to “Procurando um pai”

  1. celia c c Says:

    quero encontra o pai do meu fiho ele se xama jaime pereira brito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s